sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

ESTRADA REAL - DIAMANTINA À SERRO

Eis que começa minha longa jornada pela Estrada Real. Mais que um sonho, é um desafio particular. Logo cedo me despedi de minha namorada e segui meu caminho. Mas antes alguns ajustes e fui então para frente da catedral de Diamantina. Seguir por caminhos desconhecidos, apenas guiado pela curiosidade de um passado e pelos totens que se encontram por toda a extensão. Claro que como sou prevenido, tambem levei meus Garmins com o track de todo o percurso. no inicio uma bela estrada já se mostrava a meus olhos, nas margens da estrada pedras, pedras e mais um pouco de pedras. Formações rochosas dos mais diversos tipos, uma coisa linda de se ver e admirar. Pelo caminho fui seguindo e a cada curva uma surpresa. Belas paisagens, pedalar no alto da serra foi incrivel, tinha ai uma visão ampla de toda a região. Até então as subidas não me assustaram. cheguei então no distrito de Vau, pequeno vilarejo perdido no meio da Estrada Real. Ali parei para registrar a igreja e o local, segui direto pois o primeiro objetivo ainda estava longe. Eis que o sol veio me agraciar e parece que gostou tanto de mim que esta me acompanhando sempre firme e forte até hoje no meu terceiro dia. Para chegar em são Gonçalo uma subidinha daquelas com muita pouca sombra. Devagar e sempre fui subindo até que então cheguei ao povoado. Como era hora do almoço, bora por combustivel para dentro. Barriga cheia dei umas voltas registrando pontos interessantes e segui rumo a Milho Verde. Local bem proximo de São Gonçalo e sem grandes subidas. Estava bem agitado o lugar e me dei bem visitando a cachoeira do carijó. Apesar de cheia entrei e me refresquei para depois encarar uma boa subida, dessa vez em asfalto. Na cachoeira bati um bom papo com os guardas ambientais do lugar. Perguntei onde acharia os diamantes, brincando falou que os turistas estão nadando sobre eles. como não sou bom nadados não me atrevi. Depois do banho segui então dessa vez por 23 km por asfalto. O asfalto só é bom quando estamos cansados, mas o charme da Estrada Real se perde. Fato que o asfalto traz comodidades aos habitantes locais, mas acaba perdendo o encanto que buscamos. Pelo caminho comecei a perceber o seguinte, cada descida que vinha pela frente seria mais um morro para subir. Mas no primeiro dia isso torna insignificante pois o prazer e a emoção de estar aqui acaba superando tudo. Eis então que chega Serro, cidadezinha simpatica, logo que vi gostei. Me aprecei a achar um hotel para aproveitar a luz do dia para tirar boas fotos. aproveitei e ainda fui na primeira missa de 2014. Linda a cidade, queria poder passar um dia inteiro por lá, mas como muita coisa me espera pela frente, apenas passei uma noite. Até então tudo bem comigo, Me sinto bem fisicamente, feliz e ansioso para ver o que me espera pela frente, e podem ter certeza, muito sol, suor e lindas paisagens vocês vão poder conferir logo logo. Mas antes curtam essas fotos, pois elas mostram os belos lugares por onde passei, e olhem que deixei de tirar muitas fotos, caso contrario ainda estaria chegando em são Gonçalo. 
Aproveito aqui para agradecer o incentivo que venho recebendo no facebook, queria que todos pudessem estar aqui comigo, vivendo a Estrada Real. Quem sabe um dia voltamos e ainda sirvo de guia para vocês. Abraços e logo logo posto o segundo dia.  
Obs: Desculpe não colocar os nomes das igrejas, depois faço isso com mais calma.

Preparação da bike antes de sair de Diamantina.







Primeiro marco que avistei.






Adeus Diamantina, até breve quem sabe.





Uma cachoeira pelo caminho, o alegria poder desfrutar dessa beleza.



















Esse lugar é massa.

















Cansei de ver na internet fotos dessa igreja, eis que agora tenho no meu acervo particular de fotos.






Cachoeira do Carijó em Milho Verde.









Linda cidade.






Belos e conservados casarões.

































Um comentário:

alexmagrelo disse...

comecei a ler o seu relato, vi as fotos.

Tenho vontade de fazer esse caminho também.

você levou trilha no GPS ou foi na raça?

Simplesmente show..

Parabéns