sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

200ZENTÃO


Aqui segue algumas fotos que tirei ontem na minha "voltinha de 200 km" que fiz. Primeiramente vale lembrar que esta volta já é tradicional, há anos atras alguns bikers da região desbravavam este percurso. Ivete, Maé foram os pioneiros e são deles que tive esta ideia maluca. Maluca para alguns, para mim questão de desafio. Sai logo cedo, o tempo parecia que ajudaria. Antes de chegar em Amparo meu GPS ficou louco e marca 245 km percorridos em apenas 1 hora. Resolvi ir ate Amparo para ver se ele voltava ao normal, porem nada. Resolvi então resetar a rota e iniciar uma outra. Fui assim, apreensivo com a quilometragem. O primeiro desafio foi a subida da mutuca que deu para tirar de letra. Em Santa Isabel foi só de passagem, a vontade era grande de pedalar pelo chão mineiro. Ao cruzar o estado encarei lama e lama, estava um mingau, muitos caminhões passando a todo tempo. Em Santa Rita de Jacutinga uma paradinha para aquele lanche e então hora de subir a serrinha de Pacau. Serra que por sinal é muito bonita e tem um visual bem legal com cachoeiras em sua volta. Ao virar a serra começou então a chover, uma chuvinha fina sem grandes transtornos. Cheguei em Bom Jardim já naquela bela hora. Sem demorar já procurei o almoço lá no restaurante do João Boquinha, onde comi uma deliciosa refeição por apenas R$10,00. Como diz minha namorada, "muito barato". Aproveitei e tirei um descanso maior até que então peguei a estrada em dirreção a Liberdade. Estradinha esta que antigamente servia de linha ferrea, porem hoje só resta pedras pelo caminho. Tive uma otima surpresa ao  cruzar a linha da FCA. De cara veio um trem e consegui registrar sua passagem. Esta parte do passeio é uma das que mais gosto. Segui até Liberdade onde fiz outro lanche e parti rumo a Augusto Pestana, no alto da serra da mantiqueira. Mais uma vez a chuva começou a cair e minha descida até Carlos Euler foi embaixo de uma boa chuva. Chuva que persistiu até a fronteira dos estados. Dai em diante segui no seco, passando por Falcão, Quatis e Floriano onde encarei a rodovia Presidente Dutra. 
Agora o mais importante de tudo foi minha condição ao chegar em casa, estava super bem, talvez a felicidade estava me anestesiando e por isso não sentia dor. Completei meu percurso que há tempos estava adiando, mas dessa vez encarei, no meu ultimo dia de ferias esta foi minha saideira. Fazer esta volta é perfeitamente possivel, basta estar com um ritmo de pedal razoavel que se torno moleza, afinal a primeira metade que tem certa dificuldade, já a segunda é moleza. Valeu galera e ate um proximo pedal. 
Distancia percorrida: 207 km
Igreja em Amparo.
GPSmaluco.



Revoada de pássaros.

Cruzando estados.







Cachoeira de Pacau.



A bela hora.




Proximo a Rutilo.











Liberdade.













Sempre me protegendo.

Carlos Euler debaixo de chuva.



Essa  ai quase virou asfalto.

Via Dutra.

Sem ela não seria possivel fazer isso.

4 comentários:

Laura disse...

Muito legal, Wiliam. Parabéns!

joão afonso disse...

Muito bem Wiliam ! estás numa forma espetacular ! Parabéns. 1 abraÇo.

Loureiro disse...

Show de pedal... 200k na terra não é pra qualquer um... ainda mais na região da Mantiqueira!!!
Agora esse João Boquinha é bruto, oh comida boa... Pelo jeito você teve a sorte de não encontrar o cão que queria me matar no trecho da antiga estrada de ferro, perto de Liberdade...

abraço

Loureiro disse...

Valeu Wiliam, já faz tempo que visito aqui, acho que conheci por intermédio do Michel (Com a Cabeça nas Nuvens), até usei suas pedaladas como inspiração pra planejar uma rota entre o Caminho dos Anjos (Aiuruoca) até Ibitipoca -> http://www.meupedal.com/2012/07/caminho-dos-anjos-e-algo-mais.html

Abraços