terça-feira, 8 de maio de 2012

CIMTB - CENTAUROS E SUPER ELITE

 Dia da prova!!!! Treino feito, reconhecimento de pista feito era hora então de botar para quebrar. Logo cedo já estavamos nos preparando para largar. Como não tinha ideia de como ia acontecer durante a primeira volta, resolvi ficar mais atras para tentar não atrapalhar ninguem no inicio. Depois de uma benção de um padre local a musiquinha começou a tocar e a ansiedade já estava a mil. Largamos!!!!!!
Logo de inicio uma pequena confusão, era muita bicicleta para pouca trilha. Tentei ficar o mais concentrado possivel para não errar na trilha evitando assim possiveis acidentes. De cara já pegavamos uma subidinha de terra no meio de uma mata que em seguida logo emendava com uma subida de blocos que matava qualquer um. Virando a direita trilha de novo. A trilha estava ficando já cavucada de tanto ciclista passar. Era um poeirão danado que levantava. Pelo meio da primeira volta os ciclistas da categoria que largou logo atras da nossa já pediam passagem, tentei ao maximo não atrapalha-los dando passagem sempre que possivel. Foi chegando a subidinha no qual tive dificuldade nos treinos, na primeira volta deu transito lá então desci e carreguei a bike. Segui pela trilha e então entrei na parte mais gostosa da trilha, um misto de velocidade, freadas fortes, descida desafiadora e trechos na mata. Passado toda esta parte já apontei então na parte onde há uma trilha de motocross onde o publico podia prestigiar os ciclistas. Segunda volta iniciada e desta vez menos transito a galera já tinha se dissipado e já coloria toda a trilha. Desta vez tudo certo. Volta boa e limpa. Iniciei então a terceira e ultima volta. Dai o problema, um pneu furado! Pensei em desistir pois no local onde furou eu podia avistar a area de apoio. Mas pensei bem e decidi trocar o pneu e partir para ultima volta na garra. Demorei um pouco para trocar o pneu, nesse tempo todos me passaram e segui por ultimo colocado. Como não sabia do tempo limite fiquei preocupado se teria que abandonar. Nas trilhas ouvia a moto vindo atras ao longe, parecia que via  vendo quem ainda estava na trilha. Segui no maximo que podia. E depois da subidona de blocos assim que entrei na trilha avistei alguns competidores mais a frente. Aumentei o ritmo para tentar passa-los, acho que consegui ultrapassar uns 5 bikers. Até que enfim consegui completar a prova com um tempo de  1:22:04 h. Duro!!!! Cheguei cerca de 26 minutos atras do primeiro colocado da minha categoria. Valeu a experiencia e agora quem sabe eu não acrescento este tipo de diversão nos meus finais de semana.










 Completando a primeira volta!







 Nesse ponto meu pneu furou!!!!
 Terminado minha prova fui para o hotel para tomar um banho e ansioso para voltar e ver a super elite andar. Desta vez o desafio era o rock garden. Um trechinho preparado para os bikers passarem por entre pedras. Logo escolhi um lugar para ficar esperando a elite nacional passar. A primeira volta foi show, todo mundo colado e só os primeiros passaram pedalando. Rubinho passou na marra e transpôs as pedras como se estivesse fazendo força nenhuma. Em seguir vieram os outros bikers carregando as bikes e assim passando por este obstaculo. Em seguida veio a mulherada que não deixa nada a desejar. Mandando muito bem, cada uma arrumou seu jeitinho de passar. Durante quase 15 minutos ficamos esperando então o primeiro biker voltar da trilha e nisso Rubinho despontava em primeiro. Seguiu assim até a ultima volta. Era emocionante ver os ciclistas passando. Os caras sequer tinham a respiração ofegante, pareciam que tinha largado a pouco tempo. Durante a prova que teve seu inicio debaixo de forte sol começou a sofrer ameaças de chuva. Não demorou e começou a chover, tornando as duas ultimas voltas emocionantes, Como muitos escolheram pneus para seco, pode se imaginar que o talento tinha que prevalecer. Os pneus patinavam o que exigia o dobro de força para superar cada subida. Na ultima volta fui até a linha de chegada para esperar os ciclistas. A primeira vitoriosa foi a Erika Gramiscelli. Pelo auto falante eramos avisados que Rubinho e Pscheidt travavam uma disputa. Porem não conseguiam ainda vê-los até que aparece então na frente o Ricardo Pscheidt completando a prova em primeiro lugar seguido por Rubens Donizeti. Ver estes caras andar é muito emocionante, todos andam muito e só o fato de estarem ali mostram que não vitoriosos. Parabens a todos que participaram desse evento em São Lourenço. O evento foi sensacional!!!!!!!



 Rubinho escolhendo os caminhos das pedras.

 Pscheidt correndo atras da vitoria.

 Opa!!!!
 Essa foto ficou sensacional.


 Vai Erika.
 Aline de São João Del Rei, minha conterrânea.
 Roberta Stopa.





 Robson Ferreira.

 E o chão ficou escorregadio.
 Parabens Erika.
 Valeu Pscheidt.

Rubinho, 2º colocado.

Um comentário:

John disse...

Parabéns pela tua proeza Wiliam ! pena foi o furo. Se gostas dessas provas ! continua, eu prefiro os passeios com os Amigos em vez dessas confusões !
1 abraÇo.