segunda-feira, 28 de maio de 2012

BIG BIKER TAUBATÉ


Mais uma vez no Big Biker!!!! Dessa vez em Taubaté – SP. Primeira vez correndo esta etapa. Saímos cedo de Volta Redonda, eu, Vivian e João rumo a cidade paulista. A serração cobria a estrada e isso era indicio de que o dia ficaria limpo com aquele céu azul e junto poderia vir o sol escaldante. Rapidamente chegamos ao local de largada e tratamos de pegar o numeral e o kit do atleta. Numeral 890 e já fui me alinhar. A largada foi controlada até próximo ao km 4 onde fizemos uma breve parada para que todos se alinhassem. O tempo já estava limpo e todos já comentavam da subida que já estava próximo do local onde estávamos. Dada a largada saímos em disparada. Uma multidão de bikers tomou conta das estradinha da região. Logo já estávamos na subida do morro grande. Concentrado e girando sempre consegui superar o primeiro obstáculo e ganhar algumas posições. Seguimos então para uma descida bem rápida. A prova estava gostosa e o giro estava rendendo. Alguns sobe e desce durante o trecho mas nada de desgaste. Mais ou menos na metade da prova meu fone do mp4 se soltou e caiu na roda traseira engastando tudo. Tive que parar para tirar e observar se não teve nada de grave com a bike. O fone já era! Arrebentou e o jeito era terminar a prova sem escutar uma musiquinha. Seguindo cheguei na serra das coletas. Essa parte foi tensa devido a uma competição de motocross que também estava acontecendo no local. Nós do Big seguíamos sentido morro acima, já as motos seguiam descendo. Neste trecho tivemos que ter todo cuidado pois algumas motos desciam a toda e nem sempre conseguíamos passar pelo melhor caminho. Passado a serra chegamos no ponto de hidratação patrocinado pela GU. E também chegamos a um lugar que tinha um visual incrível. Dava para se ver o vale do Paraíba e as montanhas da Mantiqueira. Porem nem deu para curtir, a descida que veio pela frente exigia muita atenção já que se conseguia imprimir boa velocidade nesta parte. Passei então pelo ponto de apoio e segui rumo aos 25 km finais da prova. Por meio de uma plantação de eucaliptos seguimos firme. Era hora então de aproveitar as energias restantes para tentar dar aquele gás final. Segui revezando com uns 7 bikers aproximadamente durante o trecho final. Inclusive com meu amigo de Resende, Jeffinho, que quando entrou na parte final do percurso que era de asfalto disparou, não consegui sequer tentar acompanhar. Completei então a prova com um tempo de 3:08:40 hs ficando em 21º colocado na minha categoria e 107º na geral da Sport. Para quem não esta tendo muito tempo de andar até que foi um ótimo resultado. Mas, o mais importante consegui, que foi chegar bem. Andei no ritmo que dava para andar tentando controlar o esforço e me hidratando e alimentando bem durante toda a prova. Vale ressaltar que a organização desta prova é muito boa, agua à vontade e trilha muito bem sinalizada. Obrigado a minha namorada Vivian e ao João que foram comigo e me apoiaram na prova. Agora é esperar a próxima etapa, dia 15 de julho em São Luís do Paraitinga. Abraços.
 










































































2 comentários:

João Victor Nogueira disse...

Como sempre brutalizando nas competições, sem comentários, pedala muito esse moleque, fora que toda a viajem com vocês é fantástica, a gente se diverte com pouco, espírito off road mesmo!
Tamo junto brother!

Laura disse...

Parabéns pela competição!!!