quinta-feira, 21 de julho de 2011

CICLOTURISMO - 1º DIA VOLTA REDONDA / PASSA VINTE

 Há tempos que eu estava afim de fazer uma viagem de bicicleta. Para minha surpresa fiquei sabendo que os amigos de Barra Mansa estavam planejando uma cicloviagem. Ainda não sabiam ao certo para onde, sugeri então os lados de Minas Gerais. Em menos de uma semana já estava tudo marcado e a viagem programada. Essa viagem era o inicio do cicloturismo para as Penelopes (Laura, Lucia e Gracinha). Em uma conversa com elas me disseram que sempre tinham essa vontade de viajar pedalando. Pois bem, essa vontade seria matada e com bastantes desafios, pois como já diziam: quem conhece Minas Gerais não esquece jamais! Seja pelas belezas, comidas, povo, e para nós ciclistas, as montanhas. Sai logo cedo na Quinta feira para me encontrar com o resto do grupo em Barra Mansa, lá já estavam me esperando. Todos prontos e ansiosos para o começo. Inicialmente pegamos a movimentada rodovia Presidente Dutra sentido Floriano. Onde nos encaminhamos para a cidade de Quatis. Um rapido café e era hora de começar o inicio das subidas. O dia estava espetacular, céu azul e um clima muito gostoso para pedalar. Cada lugar a partir dai já era um novo trajeto conquistado pelas iniciantes do cicloturismo. Pelo caminho visitamos a cachoeira da fazenda e a antiga estação de trem de Joaquim Leite, onde se encontra abandonada no tempo. Passamos pelo tunel 13 da ferrovia do aço onde foi um atrativo a mais para o grupo. Pena o caldo de cana do 13 não estava aberto, chegamos de uma subida forte pensando em matar a sede com uma garapa geladinha e infelizmente não foi possivel. Logo chegamos em Falcão onde paramos para fazer um delicioso lanche que a laura preparou para nós. A partir dai o passeio ficaria mais agradavel. O asfalto terminava e começava a estradas de chão. O visual das serras já se mostravam ao longe. Devido as secas dessa epoca do ano as estradas encontravam-se empoeiradas o que deixou as bikes bem vermelhas de po. Faltava pouco para chegar ao nosso destino do primeiro dia, cruzamos a divisa de estados (RJ/MG) e apenas mais um morro pela frente para chegar ao destino. Pela subida podiamos ver a pedra da carapuça e toda sua beleza. Em Passa Vinte já paramos no restaurante para almoçar, pois já estava passando da hora do almoço. Barrigas forradas, chegamos enfim na casa do Nikson, onde passariamos a noite. Demos uma volta pela cidade para conhece-la ou melhor para mostrar a cidade as penelopes. 
Este foi o primeiro dia a noite caiu e já era hora de dormir pois o outro dia seria de serra. 
Distancia percorrida no 1º dia 62,5 km
Distancia total: 62,5 km













 Antiga estação ferroviaria de Joaquim Leite.



 Uma paradinha na cachoeira da fazenda.







 Lanche em Falcão.









 Superando os limites.




 Pedra da carapuça.


 1º dia, meta concluida!!!!
 Um brinde.



2 comentários:

GINETAS BIKERS. disse...

estupenda vuelta cicloturista,que bien nos lo haceis pasar con vuestras aventuras,relatos y fotografias.saludos para todosss!!!!!

Canelas de aço disse...

Só de ler e ver as fotos já fiquei com saudade de minha primeira ,e por enquanto única, cicloviajem. Foram momentos inesquecíveis. Espero um dia fazer outra. As companhias certas , são importantes nesse tipo de aventura, e pelo visto você deu sorte : Nikson , Penélopes são bem legais e bastante animados. Parabéns William e amigos !!! Aguardo com ansiedade os próximos capítulos...rss...Abçs.