segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

VIRADA DE ANO EM PASSA VINTE - MG

 2010 chegando ao fim!!! Depois de muitos quilometros pedalados neste ano que se passou, recebi um convite do amigo Nikson para passar a virada de ano em Passa Vinte - MG. Aceitei seu convite e marcamos nossa viagem.
1º DIA - 30/12/2010 _ A ida.
Marcado o dia de ir nos encontramos em Barra Mansa logo cedo para não perder tempo. Seguimos pela via Dutra até o distrito de Floriano, onde logo em seguida nos encaminhamos para a cidade de Quatis. Passamos pela ponte de ferro que liga Porto Real a Quatis. Esta ponte se encontra totalmente reformada e passa um carro de cada vez. Sem parar em Quatis começamos a subir em direção ao destino. Primeiramente passar por Falcão, mas até lá enfrentamos subidas em curvas e uma longa subida que parecia interminavel. Chegado em Falcão já fiquei mais feliz, deixamos o asfalto para tras e dai em diante era só estradão de terra. Uma beleza, fomos margeando o rio da Paca e o rio Preto, até a divisa de estados. A parti dai era a tão temida subidinha. Para chegar em Passa Vinte tem uma subida de 1,2 km bem ingreme e com algumas pedras, o que dificulta a pedalada, mas com determinação e força conseguimos supera-la. Checamos em Passa Vinte! Fomos direto para a casa do Nikson, e sem demora procuramos um lugar para almoçar, o Nikson já estava perdendo o horario de seu almoço. Depois do almoço decidimos descer a mesma ladeira ingrime da chegada na cidade para ir numa cachoeira linda que fica escondida em meio a mata fechada do local. Uma maravilha!!!! Pena que a agua estava congelante e estava bem frio e por isso só molhamos os pés. Registrada a cachoeira em fotos seguimos de volta para a cidade, mais uma vez tinhamos a subinha para enfrentar. Quando estamos descançando ficamos sabendo que nosso amigo Marcelo estava vindo de bike, ele saiu de Volta Redonda a tarde. Enquanto esperavamos, tive uma surpresa, a Vivian chegou de carro, ela só viria no outro dia devido ao trabalho, porem conseguiu uma folga e pode adiantar o passeio. Pouco mais tarde chega entao o Marcelo, já era noite. Este então foi o primeiro dia.






 Ao fundo pedra da carapuça.

 Cachoeira em Passa Vinte.





 Parte de cima da cachoeira.







2º DIA - 31/12/2010 _ Fumaça
Marcelo que tinha chegado a noite do dia anterior precisava voltar para Volta Redonda e então resolvemos voltar com ele até Falcão e de lá ele seguiria seu destino e eu, Vivian e Nikson, fariamos um passeio até o distrito de Fumaça. Uma otima estrada nos leva a este lugar, sempre margeando o rio da Paca e apenas 7 km chegamos ao destino. Já era hora do almoço e logo tratamos de caçar algo para comer. Depois de abastecidos saimos para nosso retorno dessa vez pela estrada que vai para a cachoeira da fumaça. O tempo começou a fechar e gotas d'agua começaram a cair. Paramos em um ponto para esperar a chuva diminuir e sem sucesso seguimos mesmo embaixo de uma fina chuva. Atravessamos então a ponte onde o rio passa por cima da ponte. Isso mesmo o rio passa por cima da ponte. Fizemos algumas graças e logo seguimos. O visual era lindo e isso estimulava o passeio. Em determinado trecho observamos um belo visual onde passa uma linha ferrea e decidimos no proximo dia fazer um tour por lá. Seguimos pela estrada eslameada ate Passa Vinte, onde nos preparamos para a virada do ano. Feitas as comemoraçoes era hora de descançar e esperar que a chuvinha passa-se .

 Marcelo.


 Daqui pra frente Marcelo seguiu sozinho e nós fizemos o caminho de fumaça.
 Vivian.
 Rio da Paca.
 Centro de Fumaça.

 Nikson nessa hora quase chorava.

 Ponte sobre rio Preto.

 Não é miragem! O rio passa por cima da ponte hehehehee.


 Nikson gostou.

 Vivian sempre valente.

 3º DIA - 01/01/2011 _ Chuva!!! Neste dia não pedalamos.

4º DIA - 02/01/2011 _ Caminhada pela linha de trem.
O tempo melhorou, não estava com sol, porem não estava chovendo. Eu consegui arrancar o menino do tempo (Nikson) de casa e fizemos então a caminhda pela linha de trem que tinhamos observado no dia 31. Resolvi levar a bike para fazer alguma fotos diferentes. Seguimos entao caminhando pela linha e registrando as paisagens. Cada uma mais incrivel que a outra, varias cachoeiras pelo caminho. A linha tem um movimento de trem bem fraco. Registramos todas as fotos e depois de caminharmos 5,2 km voltamos. Este dia foi apenas para fazer fotos de um outro angulo. Aproveitamos bastante.






















 Passa Vinte - MG.


5º DIA - 03/01/2011 _ Volta para casa.
A noite e madrugada toda choveu muito. Acordamos logo cedo, a Vivian tinha que ir trabalhar e então saiu com seu carro. Já eu e  Nikson iamos voltar de bike. Estava tudo pronto, mas na hora H o Nikson deu pra trás e não quiz voltar, ficou falando que estava passando mal e que ia deixar para voltar amanha. Acho que ele estava era com medo de tomar chuva pelo caminho rsrsrsrsssss. Decidi então sair sozinho. Como voltaria sozinho pensei em voltar por Santa Rita de Jacutinga, confesso que fiquei meio indeciso de fazer este trecho, pois o tempo estava bem fechado, mas pensei bem, este lugar é lindo e sou um OFF ROAD BIKERS, não será uma chuvinha o quao forte ela seja que vai me impedir, lama é o nosso lar. Segui pela serra da mira, um visual incrivel, onde renderam boas fotos. Muita lama encontrei por este caminho, o que tornou o trajeto escorregadio. Depois de 20 km cheguei em Santa Rita onde fiz um lanche e segui meu caminho, atravessei para o estado do Rio e por uma estrada nova de asfalto conclui meu caminho. Chegando em Amparo começou uma chuvinha fina que me acompanhou pelos ultimos 20 km. 
Agradeço ao Nikson pelo convite, foi bem divertido e legal estes dias. A chuva atrapalhou um pouco mas nada que impediu nosso passeio.  Aproveito aqui para deixar um super abraço a todos que acompanham nosso blog e que tenham um otimo 2011. Muita saude e muita paz a todos. 2011 estaremos com muitas novidades e desejamos que todos continuem nos seguindo. Forte abraço.











 40 km para meu destino.

4 comentários:

GINETAS BIKERS. disse...

sinceramente,me quede sin palabras viendo ese espectacular recorrido,de rios, csacadas , verdes prados y vias ferroviarias.muy interesante,no sbeis la suerte que teneis de poder disfrutar de semejantes maravillas.viva brasilllll!!!

Xavi disse...

Muy bonito paisaje,ideal para pedalear sin parar y disfrutar de la naturaleza en estado puro, Un saludo.

Michel Schanuel Girardi disse...

Belo passeio. Quando forem subir a pedra da Carapuça me chamem! Abraço

passat 78 disse...

oi amigo , vc não me conhece , meu nome é sandro, sou apaixonado por bike e por pedalar, hoje não pedalo mais ,, mais fico babando com suas fotos muito show parabems.queria se possivel que vc me ajudasse a me indicar como faço pra sair de volta redonda e chegar naquela cachoeira de serenata, ja tinha ouvido falar nela mais não sei chegar la eu vou de carro, se vc puder me ajudar a encontrar ela ou outra que eu possair com a familia eu agradeço muito. meu mail é sandrogogo20083@gmail.com.tel.88149725.um abração!